Venha opinar sobre nosso possível sexto encontro!

Responder 
[RP] Tokyo's Midnight Club
Autor Mensagem
Serial101
Com passagem comprada para Alolan.
*




Respostas: 419
Likes Dados: 9
Likes Ganhos: 49
Pronome: Qualquer um
Offline


[RP] Tokyo's Midnight Club
A noite é fria, mas não escura. Tokyo é iluminada mesmo nas mais altas horas da madrugada. As ruas estão vazias, quando um estranho vulto passa pelas luzes da iluminação publica.

- Novos tempos virão!

O vulto faz um movimento e as luzes sobrecarregam antes de, por fim, queimar. fagulhas caem dos postes antes da Escuridão tomar o lugar. Uma risada maniaca pode ser ouvida.



-------------------

Nossas protagonistas acordam em seus respectivos lares depois desse sonho bizarro. Um novo dia se inicia.
@Cute, @RollerScouter, @Life Fiber Infused, @Sparking Bolt e @whirlwind
Me digam como começa essa segunda feira. Dia de aula.

13/09/2016 12:06
Encontrar todas as respostas deste usuário Citar esta mensagem em uma resposta
Life Fiber Infused
This...is the true power of Requiem!





Respostas: 2.415
Likes Dados: 17
Likes Ganhos: 178
Pronome: Ele
Offline


RE: [RP] Tokyo's Midnight Club
Susan acorda, lentamente se sentando na sua cama, esfregando os olhos. Ela pensa sobre o sonho e o quão bizarro ele foi, mas ela tenta esquecer sobre aquilo, levantando da cama
Ela abre a janela do seu quarto deixando a luz do sol bater no seu rosto. Ela abre o seu guarda-roupa e pega o uniforme de sua escola ((Porque é assim que escolas Japonesas funcionam)) e vai para o banheiro, trocando de roupa.
Ela caminha para a cozinha e prepara o seu café-da-manhã, se sentando na mesa para comer.
A casa era o seu tipico apartamento japonês, pequeno (Um pouco demais para seu gosto). Somente com os móveis necessários.
A cozinha tinha um balcão preso na parede, uma mesa de centro branca, vários armários e um fogão.
Susan vivia com a sua mãe e seu pai, os pais de Susan trabalhavam muito quando ela era menor, por isso ela aprendeu a cuidar de se mesma.
Resposta editada pela última vez em: 14/09/2016 13:23 por Life Fiber Infused.

[Imagem: Y08d7TX.jpg]
This is the full power of Silver Chariot!
13/09/2016 12:23
Encontrar todas as respostas deste usuário Citar esta mensagem em uma resposta
Sparking Bolt
Dragonblader
*




Respostas: 545
Likes Dados: 36
Likes Ganhos: 32
Pronome: Ele
Ausente


RE: [RP] Tokyo's Midnight Club
Liliane acorda um pouco confusa sobre o significado do sonho, ela levanta preocupada para se arrumar para ir pra escola, ela veste o uniforme dela e vai para o andar debaixo tomar café
13/09/2016 12:58
Encontrar todas as respostas deste usuário Citar esta mensagem em uma resposta
whirlwind
Good night, Morioh-Cho, good night.
*




Respostas: 2.373
Likes Dados: 204
Likes Ganhos: 330
Pronome: Ele
Offline


RE: [RP] Tokyo's Midnight Club
[Off][Piada Besta]Midnight Club? Pensei que fosse ser um RP de garotas mágicas, não de corrida![/Piada Besta][/Off]

Nerissa se levanta, pensando consigo mesma:
(OK garota, não é por que sua família se mudou pro outro lado do planeta que você vai se deixar intimidar! Seja forte, você está em uma nova escola agora! Ninguém mais vai te acusar...Daquilo...)
Ela se levanta e veste seu uniforma de escola - junto com um colar de âncora e um brinco em forma de estrela-do-mar em sua orelha esquerda - e desce para tomar café.
Normalmente seus pais só acordam um pouco depois que ela chega na escola, e como só os três vivem na casa, Nerissa se encontra sozinha com seus pensamentos.
Enquanto come, ela para pra pensar sobre o sonho...
(Eu sei que aquela batida foi feia...Tanto que eu e meus pais nos mudamos por que todo mundo achava que eu era culpada...Mas será que esse sonho tem alguma coisa a ver?...Será que o espirito daquele sujeito tá me assombrando?! N-não, se eu pensar sobre isso agora vou ficar me sentindo mal o dia inteiro. Se eu quiser que o meu primeiro dia aqui vá bem, eu tenho que pensar positivamente!)
Nerissa termina o café da manhã, pega sua mochila(uma daquelas mochilas japonesas que parecem maletas) e sai de casa a caminho da escola, cantando pra si mesma:
"Ocean Man,
Take me by the hand lead me to the land
That you understand...
"
Essa música sempre foi uma das preferidas de Nerissa, já que ela toca nos créditos finais de seu filme animado preferido.
Resposta editada pela última vez em: 14/09/2016 13:52 por whirlwind.

[Imagem: 0gpOW7.gif]
"In the near future, with this baby right here, I'm gonna BLOW THE WHOLE WORLD AWAY!"
13/09/2016 13:17
Encontrar todas as respostas deste usuário Citar esta mensagem em uma resposta
RollerScouter
Kinshasha! The King Of The Strong Style!





Respostas: 778
Likes Dados: 11
Likes Ganhos: 32
Pronome: Ele
Offline


RE: [RP] Tokyo's Midnight Club
Natalyie acorda lentamente e com calma, as noites acordadas a fio comendo doces enquanto assistia o Super-Bowl a acostumando com pesadelos. Mas aquilo era estranho, pois ela não tinha feito nada disso desde que chegou a Tokyo.

Ela decidiu simplesmente deixar aquilo de lado, achando que foi só um sonho bobo de adolescente. Ela se levanta da sua cama e vai até um espelho, para olhar seu rosto.

Ela tinha um cicatriz, fruto do seu antigo estilo de vida. Ela realmente não queria parecer uma punk do ocidente então a cobriu com um curativo. Depois disso ela pegou seu uniforme escolar, o seu melhor par de All-Stars e seu boné dos Yankees, antes de sair do seu quarto e ir para a sala de estar.

13/09/2016 18:35
Encontrar todas as respostas deste usuário Citar esta mensagem em uma resposta
Touka
Aka Cute





Respostas: 4.381
Likes Dados: 1.018
Likes Ganhos: 1.566
Pronome: Ela
Offline


RE: [RP] Tokyo's Midnight Club
Nina se levanta num pulo, não era comum ter pesadelos, apesar desse ter sido meio estranho e diferente dos outros que normalmente tinha.

Olhou no relógio, ainda tinha bastante tempo pra se arrumar, pegou sua toalha e resolveu tomar um banho. Vestiu um suéter bege claro e pôs um shorts marrom claro e deixou os cabelos soltos, resolveu ir simples para não chamar muita atenção.

Desceu as escadas para tomar café, todos já tinham saído, pegou um copo de suco e comeu alguns biscoitos rapidamente, afinal tinha enrolado muito no banho pensando no sonho/pesadelo que teve. Colocou suas meias brancas que iam até as coxas e calçou os sapatos e saiu correndo de casa para não se atrasar.

[Imagem: 818fc859555013602e99e755316409ed.gif]
"Do you think you'll be able to forget?"
13/09/2016 23:39
Encontrar todas as respostas deste usuário Citar esta mensagem em uma resposta
Serial101
Com passagem comprada para Alolan.
*




Respostas: 419
Likes Dados: 9
Likes Ganhos: 49
Pronome: Qualquer um
Offline


RE: [RP] Tokyo's Midnight Club
Off: Pessoal, por gentileza, um pouco mais de detalhes, moram com quem? como é a casa? alguém sabe sobre esses sonhos? alguma de vocês guarda um diario de sonhos? Vocês podem criar também.

14/09/2016 11:58
Encontrar todas as respostas deste usuário Citar esta mensagem em uma resposta
RollerScouter
Kinshasha! The King Of The Strong Style!





Respostas: 778
Likes Dados: 11
Likes Ganhos: 32
Pronome: Ele
Offline


RE: [RP] Tokyo's Midnight Club
Por ser uma intercâmbista, Natalyie teve que ficar de aluguel na casa de um casal japonês, que tinham um conhecimente decente da língua inglesa, podendo assim ensina-la a sua língua. Ela tem um conhecimento básico de japonês e consegue falar certas coisas.

A casa onde ela estava não tinha nada de mais, exceto a figura paterna sendo representada pelo marido da mulher que morava na casa. Tirando isso, a casa era grande, espaçosa, cheia de decorações japonesas típicas e tinha um ar acolhedor que Natalyie adorava.

Ela desceu as escadas e foi para a sala de estar, esperando algo de café da manhã. De preferencia, que não seja muita coisa, só o suficiente.

14/09/2016 18:31
Encontrar todas as respostas deste usuário Citar esta mensagem em uma resposta
whirlwind
Good night, Morioh-Cho, good night.
*




Respostas: 2.373
Likes Dados: 204
Likes Ganhos: 330
Pronome: Ele
Offline


RE: [RP] Tokyo's Midnight Club
Saindo de sua casa - um apartamento como qualquer outro em um dos milhares de prédios da cidade, composto por uma sala de estar que possuía um corredor que levava a três portas: um banheiro á direita, seu quarto á esquerda e o quarto de seus pais ao centro. A cozinha é ligada á sala e a unica coisa separando os cômodos eé uma mesa retangular com espaço para 5 ou 6 cadeiras - Nerissa simplesmente desce um curto lance de escadas e sai pela porta da frente do prédio já que seu apartamento fica no andar mais baixo, devido ao fato de que sua mãe têm medo de altura.
prestando atenção na cidade ao seu redor.
"Prédios altos, estradas largas, e mesmo sendo cedo de manhã já tem bastante gente aqui fora...Não é tão diferente assim lá de casa."
Ela pensa alto, falando baixo o suficiente para não ser ouvida por outras pessoas e alto o suficiente para ouvir a si mesma.
"É um pouco mais frio, sim, e todo mundo parece um pouco mais...Fechado, mas fora isso é só uma cidade normal."
Ela continua, começando a sorrir enquanto segue com seu caminho.
"Eu fiquei toda preocupada a toa, esse lugar é só uma cidade normal, eu vou me dar bem com certeza! Esse sonho não foi nada, é melhor simplesmente deixar pra lá."

[Imagem: 0gpOW7.gif]
"In the near future, with this baby right here, I'm gonna BLOW THE WHOLE WORLD AWAY!"
14/09/2016 19:43
Encontrar todas as respostas deste usuário Citar esta mensagem em uma resposta
Serial101
Com passagem comprada para Alolan.
*




Respostas: 419
Likes Dados: 9
Likes Ganhos: 49
Pronome: Qualquer um
Offline


RE: [RP] Tokyo's Midnight Club
@Life Fiber Infused
Susan encontra na bancada um envelope, escrito em cima, ainda em inglês (língua usual na casa) estava escrito: "para o almoço".
Aparentemente seus pais estavam ocupados demais para preparar uma marmita.
O horário de aula japonês era muito mais longo que o horário ocidental, levando o dia todo e exigindo das crianças pelo menos duas paradas para se alimentar. E nesse momento era comum comerem ao ar livre e conversar com seus grupos. Claro, Susan não teria essa sorte. Ela ia passar esses preciosos minutos muito melhor se dedicados ao ócio em uma fila para comprar comida.
Dentro do envelope havia quase 5000 Yens. Aparentemente seus pais ainda não haviam aprendido o valor do dinheiro japonês.
Com o passe de trem ela estava pronta pra ir a estação, o trem partia em quinze minutos.

@Sparking Bolt e @Cute
[off]Ainda esperando saber com quem vocês moram e mais detalhes das suas vidas do outro lado do planeta.
Não precisam ter vergonha. Lembre-se que as pessoas que você criam aqui vão ser NPCs que vão interagir com você pela história, logo seria interessante que essas pessoas sejam interessantes. Se deixar por minha conta eu vou fazer o que eu quiser e não o que vocês gostam.[/off]

@whirlwind
A mochila volumosa era uma necessidade. Nada alem disso. O padrão japonês de aula exigia diversos livros e materiais adicionais. De fato era essa quase "lavagem cerebral" que garantia diversos hábitos japoneses que dificilmente o ocidente entenderia. Por muitos aspectos a sociedade japonesa era nada mais que uma sociedade feudalista no século XXI.
A viagem até a escola demorava um pouco, mas como uma boa caminhada para começar o dia. No caminho outros alunos de uniforme se juntavam para conversar sobre o final de semana, comparar notas e falar sobre seus celulares ou jogos para os mesmos. Um pequeno grupo de três pessoas está a sua frente, se quiser conversar.

@RollerScouter
[Off]Gostei muito da descrição, pouco sobre o lugar e mais sobre as pessoas. Parabens.[/off]
O casal Iashida, já estavam na mesa quando você chegou. Aparentemente se acordava cedo naquela casa. A mulher cozinhava arroz, o homem o comia enquanto lia o jornal.
Iashida-Sama era um homem sério, com um emprego sério como homem de negócios. Iachida-San era uma mulher de casa, que cuidava de tudo durante a ausência do marido. Seu filho, Konorito sonhava em conhecer o mundo e fora para a América contra a vontade de ambos. A Chegada de Natalyie também não era de aceitação plena, mas ninguém no mundo poderia dizer que ela era mau-tratada. Ioshida-San havia lhe preparado o Bento tradicional, assim como um farto café da manha com chá, arroz, e bolinho de feijão doce.
É Ioshida-Sama quem fala:
- Sendo primeiro dia, não fazer nada que cause vergonha.
A frase parece ser mau formulada, e certamente o método duro que ele falava tornava impossível saber se era um concelho cuidadosamente arquitetado de sua sabedoria ou era uma ameaça velada que indicava que haveria sanções caso Natalyie trouxesse vergonha a sua casa.
A senhora Ioshida era mais aberta e algumas palavras rápidas em japonês foram trocadas, rápidas de mais pra Natalyie. Se fosse usado esse tom em sua casa na América alguém ia ficar sem um olho.
Ali as coisas eram diferentes.
Tão rápido como começou a conversa terminou. Foi Ioshida-San quem se dirigiu novamente para Natalyie.
- Ele quer dizer: Boa sorte. Não esquecer da comida.
Ela lhe entrega o Bento que havia preparado e seu passe de trem.

15/09/2016 14:15
Encontrar todas as respostas deste usuário Citar esta mensagem em uma resposta

Compartilhar: facebook gplus twitter

Responder 


Ir ao Fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes